sábado, 17 de Março de 2012

Uma bênção para o lado

Hoje fui abençoada por uma criança.
Digo bem.
Fui abençoada POR uma criança.
Num gesto absolutamente invulgar para uma menina de 4 anos, quando me baixei para a olhar nos olhos e enquanto a mãe estava a explicar quem eu era (que éramos muito amigas etc.), ela não fez mais nada: ergueu a mão na direcção da minha testa (eu até pensei que tinha uma folha ou um bicho no cabelo) e então, naturalmente, com o seu polegar pequenino, fez-me o sinal da cruz.
Simples, não é? Não.
Nunca na minha vida vi uma criança (tão pequena) a abençoar.
Ainda por cima uma criança que acompanhei desde que nasceu e que tem atrás de si uma história de doença gravíssima e uma cura maravilhosa.
Foi como se Deus, através dela, me falasse e me dissesse: Vai! Faz-te ao largo! Sem Medo.
Foi hoje. Nunca o esquecerei.
Marcou a minha vida. Para sempre.
Que Deus a abençoe, Martinha, porque eu sou indigna de o fazer.
Por Maria João da Câmara

Sem comentários: